Propaganda Topo

Leandro Martins uma Luz no Fim do Túnel


‘JOÃO E SEUS VEREADORES SUBORDINADOS PARECEM AGIR COMO QUEM PODE TUDO CONTRA O POVO DE BELO JARDIM’




O jurista Leandro Martins da Silva, autor de três exigências de impeachment do Prefeito João Mendonça Bezerra Jatobá, disse em entrevista ao Blog Jardim do Agreste, que o Vereador Gilvandro Estrela "tem atuado como Presidente da Câmara" ao colocar em discussão e votação as exigências de Impeachment.
Dr. Leandro disse também não acreditar que essa exigência agrave a crise. "Acho que é maneira de encurtar o prejuízo, porque o governo atual compromete a vida financeira e política do povo", afirmou Leandro. Para ele, o Prefeito João Jatobá e alguns vereadores que o apoiam "pensam que são blindados na pratica de atos ilícitos". João até agora não se manifestou sobre o assunto, agindo com total dissimulação. Finalizou Dr. Leandro, dizendo que “o Prefeito João Jatobá deve explicações ao povo de Belo Jardim”.
Quando indagado sobre a postura do Vereador Tio do Pastel, o advogado afirmou “Nos bastidores da política, comenta-se como uma punhalada no peito do Grupo de João, a abstenção do Vereador Tio do Pastel sobre o recebimento da 2ª Exigência de Impeachment, bem como sua ausência na última Sessão Legislativa, cuja pauta supostamente era a discussão e votação de doação de terrenos para pessoas carentes, vindo a inviabilizar o sonho de várias famílias, pois 2016 é ano eleitoral, portanto, defeso esses tipos de doações. Deveras ficar em cima do muro não é uma estratégia inteligente. Tio do Pastel precisa escolher se está com o povo ou se continuará apoiando o Prefeito na prática de crimes, votando ou se abstendo sobre a abertura do Processo de cassação”.
Sobre as surpresas no mundo da política de Belo Jardim de 2013 para cá, Leandro Martins disse: “Pelo visto, o final de 2015 foi cercado de surpresas no mundo da política de Belo Jardim. Assim como em 2013, houve inesperada e historicamente protestos contra os atos ilícitos praticados pelo Prefeito, em 2015, os belojardinenses se voltaram irresignados contra a má-administração e corrupção no atual governo. Isso é público e notório pelas notícias dos vários veículos de comunicação local e estadual”.
                Ao ser perguntado o que podíamos esperar para fevereiro sobre o Impeachment, afirmou o cidadão Leandro:
 “Os trabalhos na Câmara Municipal começarão em fevereiro com a inclusão em pauta de discussão e votação da terceira exigência de impeachment do Prefeito. Entre outras acusações, jaz devidamente comprovada o desvio de milhões de reais para empresa LARANJA, chamada LOCASERV. O Prefeito e alguns secretários, reiteradas vezes violaram a lei, com a finalidade de praticar crimes contra a administração pública, com isso, obter vantagem indevida”.
“Deveras, dinheiro do FUNDEB que deveria ser utilizado para pagamento de Professores, utilizou-se no pagamento de secretários municipais. O Secretário Municipal Valdemir Cintra recebia sem trabalhar, pois conforme confissão perante Sessão de Convocação na Câmara Municipal, disse não saber sequer o que é um pé de jabuticaba, não exerceu a função na prática, na secretaria de Meio Ambiente”.

Não serão tolerados comentários desrespeitosos, ofensivos e que incitem o ódio. Caso ocorrar, será aplicado uma orientação aos violadores e se necessário, bloqueio do endereço IP.

Tecnologia do Blogger.