Propaganda Topo

CLAUDIO ZEBARSY


Filho da pacata Sanharó, cidade situada no agreste setentrional de Pernambuco, Claudio Zebarsy desperta pra música ainda criança, exatamente aos 7 anos, quando seu pai traz pra casa um velho violão, o recomendando de nem triscar naquele instrumento. Tanto triscou e teimou que já aos 13, já se destacava como clarinetista da Banda Municipal local. Aos 15 já era figura conhecida e aplaudida em rodas de serestas, saraus, corais e eventos, palcos e casas noturnas onde o repertório corria aos admiradores da MPB. Aos 17 inicia seus estudos de violão Popular, Harmonia e teoria Musical com o Maestro e professor Marco Cezar de Oliveira Brito, um ícone do choro e do frevo Pernambucano. Em 1998 se muda pra Rondon do Pará ao norte do país onde participa de vários festivais de música da região, como o FECAM (festival de canção da Marabá), No qual se destaca como intérprete, músico e compositor da canção “Terra pequena”. Em 1999 volta Recife para estudar violão clássico e canto no Conservatório Pernambucano de Música enquanto volta a vida de crooner das noites Recifenses e de demais cidades do agreste e do Sertão de Pernambuco. Em 2002 seleciona algumas de suas canções e produz seu primeiro demo. Em 2005 entra em estúdio para a gravação do seu primeiro cd intitulado “Caminhos”. Em 2007 lança o seu o disco na sua cidade Natal, em Sanharó num lindo show para amigos e fãs do seu trabalho. Em 2008 decide ir morar em São Paulo, ao chegar na cidade reencontra o amigo ator, Dinho Lima Flores, que lhe apresenta o Grupo de Teatro Vento Forte. Zebarsy se vislumbra com o trabalho do Diretor, Ator e escritor Illo Krugli e se apaixona pelas peças, linguagens e elementos culturais e sobretudo pela liberdade de expressão que atores e músicos tinham no desenvolver de cada peça de teatro. Desse envolvimento, admiração e amizade pelo grupo, nasce a oportunidade e o convite do diretor ao músico de integrar o time a excurcionar por 16 estados do Brasil com a peça “As quatro chaves”, pelo Palco giratório do Sesc Nacional do Rio de janeiro. Essa experiência lhe revelou a diversidade cultural do país e lhe fez repensar sua carreira e a forma de fazer música, foi um divisor de águas. Em 2009 Zebarsy volta a Pernambuco decidido a se inteirar mais de sua cultura e da música que se faz aqui no estado ao passo que também divulga seu primeiro cd em show em festivais e espaços alternativos. Atualmente fixado em Recife prepara o seu mais novo trabalho batizado de “Pompéia”, que será lançado no primeiro semestre desse ano de 2010, o disco trará 12 canções inéditas do músico que vai perfazer as linguagens e elementos da cultura popular nordestina, além é claro das influências da MPB visíveis no seu primeiro álbum. Além do músico prepara a gravação do seu primeiro cd ainda esse ano, tudo indica que será em grande estilo e em um espaço cultura do Recife, aguardem.

Não serão tolerados comentários desrespeitosos, ofensivos e que incitem o ódio. Caso ocorrar, será aplicado uma orientação aos violadores e se necessário, bloqueio do endereço IP.

Tecnologia do Blogger.